Blog

Você conhece o Beach Tennis? Saiba mais sobre seus Principais Movimentos

O Beach Tennis nasceu em 1987 na província de Ravennana, Itália, e chegou ao Brasil em 2008 no Rio de Janeiro, quando um grupo de então tenistas capitaneados pelo experiente árbitro Adão Chagas importou os equipamentos necessários para a prática do esporte.

Atualmente, segundo a ITF (Federação Internacional de Tênis), o Brasil é a segunda maior potência do mundo no Beach Tennis , atrás apenas da Itália, de onde veio a lenda do esporte Alessandro Calbucci. O esporte cresce no país a passos largos em número de praticantes, tendo em território nacional um dos atletas que chegou à posição de Número Um Do Mundo, o carioca Vinícius Font.

Sem mais delongas, a dinâmica do Beach Tennis envolve uma mistura de técnicas de tênis, vôlei, tênis de mesa e badminton, se você já teve contato com alguma dessas modalidades, o esporte não será mistério você.

O Sampa separou os principais movimentos, ou para quem já conhece, principais golpes, desse esporte que tem tudo para virar paixão nacional:

  • LOB – Um dos primeiros movimentos ensinados nas escolas de Beach Tennis, é caracterizado pela bola longa e alta, direcionada ao fundo da quadra. O uso desse movimento faz a dupla adversária se movimentar para trás, o que facilita a aproximação da sua dupla da rede trazendo para ela o domínio do jogo.
  • FOREHAND – Movimento de direita destinado a definição do ponto, envolve uma resposta rápida, virou-bateu. Uma boa dica para melhor executar este movimento é deixar a face da raquete sempre virada para a quadra adversária, dessa maneira o golpe fica mais simples e mais curto, dando mais velocidade e potência para a bola.
  • BACKHAND – Movimento onde o jogador, mantendo a raquete alta e o apoio da mão esquerda, responde à bola do adversário com a palma da mão virada para traz. Este movimento por sua vez é utilizado para cadenciar o ponto e forçar a movimentação do adversário de maneira que ele mande uma bola e você consiga acelerar de direita matando o ponto. Aqui mais importante do que a força, é a direção, o famoso, “não é força é jeito”.
  • DROP-SHOT – Movimento que exige uma boa leitura de jogo, por este motivo é muito usado por quem já tem um bom tempo de quadra, ele se destaca pela sutileza, onde a bola é lançada próxima a rede. O foco desse movimento é a estratégia e a técnica, também usado para possibilitar o elemento surpresa. Ou seja, o objetivo principal da curta não é definir o ponto, mas cadenciar para que o seu adversário suba a bola e crie condições favoráveis para um smash ou uma bola acelerada de direita. A dica para este movimento é manter a raquete à frente (ou a levando para lateral), e ao apontar para o adversário, deixar a bola cair um pouco para que ela realize um movimento de parábola, fazendo um arco até a quadra do adversário.
  • SMASH: Este é um movimento de ataque intenso, ele é usado na finalização e exige uma preparação, como já foi comentado. Para ser assertivo nesse movimento é necessário muito treino, a dica aqui é evitar sair para trás com a raquete armada alta e com a corrida lateral, assim você é capaz de bater na bola com efeito e potência através de um bom movimento de braço.

Curtiu as curiosidades e dicas que sampabeachsports preparou para você?

Nós vamos invadir sua Praia!!

Acompanhe-nos nas redes sociais @sampabeachsports